“Não é possível gerir o país com leis e protocolos do século passado”, afirma ex-secretária do governo mineiro

Graduada em Estatística pela Universidade Federal de Minas Gerais, e especialista em Administração Pública pela Fundação João Pinheiro e em Gestão Pública e Legislação Urbana na Universidade Cândido Mendes, Renata Vilhena tem um vasto conhecimento na área pública. No momento, Renata é professora da Fundação Dom Cabral, mas já atuou em órgãos como Ministério do Planejamento, Orçamento e Desenvolvimento, Tribunal de Contas do Espírito Santo, e Prefeitura de Belo Horizonte (MG). Renata também foi secretária de Planejamento e Gestão do Governo de Minas Gerais – sendo uma das lideranças na concepção do “Choque de Gestão” sofrido pela administração mineira a partir de 2003. ... Ler mais