PT | EN | ES

Governança compartilhada no desenvolvimento urbano

Publicado em: 19.09.22 Escrito por: Redação Tempo de leitura: 4 min Temas: Governança Compartilhada, Modernização da Administração, Planejamento Urbano
Voltar ao topo

Governança compartilhada no desenvolvimento urbano

cidade em construcaoFoto por Ammar Andiko | Unsplash

No final de agosto, a Comunitas realizou um Encontro Rede Juntos sobre o tema “Governança compartilhada nas cidades: como o setor público e privado podem colaborar para um desenvolvimento urbano sustentável?”. Nele, especialistas e gestores públicos da rede da Comunitas debateram sobre os desafios, as oportunidades e as iniciativas que estão sendo implementadas ao redor do Brasil para desenvolver o espaço urbano.

É cada vez mais consenso na sociedade que a colaboração entre setores é fundamental para o desenvolvimento sócio econômico do país, e essa regra se aplica também aos centros urbanos brasileiros. Como mencionado durante o encontro pela ex-secretária do Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano de Fortaleza (CE), Águeda Muniz “a parceria público-privada vai além de uma questão ideológica, ela é a concretização de uma governança que perpassa por uma responsabilidade compartilhada entre setores da sociedade, que busca atingir os objetivos de desenvolvimento sustentável e do ESG”.

Em vista disso, os participantes do encontro compartilharam iniciativas de suas prefeituras que buscam promover um desenvolvimento sustentável das cidades brasileiras por meio de parcerias entre público e o setor privado, terceiro setor e academia.

A primeira iniciativa foi apresentada pela ex-secretária do Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano da cidade de Fortaleza (CE), Águeda Muniz, a qual tinha como objetivo não apenas modernizar a administração como também solucionar a crescente fila de pedidos de licenciamento urbano, criou o Programa Fortaleza Online, um processo de desburocratização que fornece o licenciamento urbano de maneira online e digital, onde o solicitante recebe o certificado de licenciamento imediatamente ou em até 30 minutos. O último acontece quando é exigido o pagamento de alguma taxa.

Outra iniciativa que contribui para a desburocratização de serviços no desenvolvimento urbano é o Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV), o qual foi compartilhado pela Secretária de Planejamento e Urbanismo do município de Campinas (SP), Carolina Bacarat. O EIV fornece ao empresário com desejo de compra de loteamento um estudo com informações relativas à identificação da área, avaliação, mitigação, compensação e potencialização de impactos na vizinhança. Este estudo é solicitado e entregue de forma online e disponibilizado em até 15 minutos pelo solicitante.

Já quando o assunto é inovação, a alternativa escolhida pela prefeitura do Recife (PE) para solucionar desafios vivenciados pela administração da cidade é o EitaLabs do programa EITA Recife, uma iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, que segundo o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Rafael Dubeux. O EitaLabs funciona através da separação de um determinado espaço da cidade para que os pesquisadores possam testar seus pilotos e experimentações de ideias, sejam elas voltadas para as temáticas de desenvolvimento urbano ou não.

Como experiência internacional, uma iniciativa adotada por países como Canadá e Estados Unidos e apresentada pelo ex-secretário de Planejamento Urbano do Rio de Janeiro (RJ), Washington Fajardo, são os BIDs – Business Improvement District, chamados no Brasil de Área de Revitalização Econômica, que são espaços de determinado território onde a vizinhança empreendedora se pré-dispõe a pagar uma sobretaxa no IPTU da região para revitalizar e manter o espaço organizado e em ordem a fim de atrair mais pessoas para a região e consequentemente promover o desenvolvimento socioeconômico como um todo.

Por fim, seja no âmbito nacional ou internacional, os desafios voltados para o desenvolvimento urbano são crescentes e necessitam de alternativas inovadoras para solucioná-los. O importante é adaptar-se às novas realidades e adotar perspectivas que busquem, acima de tudo, facilitar a vida não só da administração pública, como também do cidadão das cidades brasileiras.

O que você
achou desse
conteúdo?

Média: 5 / 5. Votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar!

Compartilhe
este conteúdo:

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens relacionadas

Governança Compartilhada, Modernização da Administração

Governança Corporativa e Gestão Pública IX: Auditoria interna, Responsabilidade e Integridade

A avaliação do quanto a gestão contempla integridade, coerência dos objetivos, estratégias e riscos, transparência, equidade e accountability depende, numa primeira instância, do aprimoramento das regras e normas que orientam o trabalho das auditorias internas, para que esta possa avaliar se tudo está em conformidade com as leis: leis, muito mais que limites, podem ser vistas como orientação sobre como as coisas podem dar certo ou não.
21.06.24 Marcos Antonio Rehder Batista
Governança Compartilhada, Modernização da Administração, Planejamento Estratégico, Transparência e Combate à Corrupção

Governança Corporativa e Gestão Pública VIII: Accountability

A conquista da confiança da população por parte dos agentes públicos, no longo prazo, vai muito além da propaganda e de números; está muito ligada ao sentido que este dá a suas ações, às justificativas, à responsabilização sobre bons e maus resultados, inclusive em relação ao cumprimento de compromissos que assume com os demais agentes da esfera pública, que processo que chamamos em Governança de Accountability.
14.06.24 Marcos Antonio Rehder Batista
Desenvolvimento Verde, Meio ambiente e Sustentabilidade, Planejamento Urbano

Cidades-Esponja como solução para uma infraestrutura urbana resiliente

As cidades ao redor do mundo enfrentam uma necessidade urgente de gerenciar os riscos relacionados às inundações, agravados pelas mudanças climáticas. O aumento da frequência e intensidade das chuvas, aliado à rápida urbanização, tem sobrecarregado...
05.06.24 Redação

Lideranças com espírito público

Somos servidores, prefeitos, especialistas, acadêmicos. Somos pessoas comprometidas com o desenvolvimento dos governos brasileiros, dispostas a compartilhar conhecimento com alto potencial de transformação.