Giro da Rede Juntos 29.08.2022

economia circular

A temática abordada no Giro da Rede Juntos desta semana traz conteúdos voltados para três pilares de desenvolvimento econômico: a economia verde, a economia circular e a economia criativa. O destaque fica por conta do manual de economia circular para gestores públicos, desenvolvido pela Ellen McArthur Foundation. Confira abaixo a curadoria de conteúdos feita pela Rede Juntos.

Rio terá programa para incentivar economia criativa (CMRJ)

A Câmara Municipal do Rio de Janeiro aprovou o projeto de lei que cria o Programa de Economia Criativa do Rio de Janeiro. A proposta visa contribuir para o desenvolvimento de práticas sustentáveis e inovadoras, dando maior visibilidade, fomento, atratividade e investimentos à economia carioca. Para ler sobre a iniciativa, acesse aqui.

Projeto Sampa Circular (Ideia Circular)

Foram entrevistados membros da Secretaria de Relações Internacionais do município de São Paulo para falar mais sobre as ações concretas e agenda municipal previstas para implementar a economia circular na cidade, o que são esses compromissos firmados e o cenário implementação da economia circular para a realidade brasileira pós pandemia do COVID-19. Além disso, eles contam como pessoas e empresas podem participar dessas ações circulares. Para conferir a entrevísta na íntegra, clique aqui.

Entregando economia circular: Manual de ferramentas para gestores públicos (em inglês, Ellen McArthur Foundation)

A publicação é manual de ferramentas para formuladores de políticas públicas que buscam transformar ou implementar a economia circular em seu território. Nele, é possível encontrar oito insights, além da aplicação das ferramentas através de um estudo de caso. Para fazer o download, acesse aqui.

Prefeitura trabalha para a criação de um distrito criativo no centro de Rio Grande (Prefeitura de Rio Grande)

Inspirado pelo modelo criativo de distrito C realizado em Porto Alegre com a parceria da agência social de inovação UrbsNova, o município de Rio Grande buscou a empresa para implementar uma iniciativa similar com objetivo de fomentar a economia criativa para trazer desenvolvimento econômico para o município. Para saber mais sobre a iniciativa, acesse aqui.

Jundiaí conquista nota B por reduzir emissão dos gases de efeito estufa (Prefeitura de Jundiaí)

O município de Jundiaí (SP), conquistou a nota B no Sistema Unificado CDP-ICLEI, plataforma que registra dados de emissões de Gases do Efeito Estufa (GEE) em nível subnacional. A pontuação B identifica que o município apresentou o Inventário de Efeito Estufa, e que a cidade desenvolve e implementa uma série de ações visando minimizar os impactos atuais e até os potenciais decorrentes das mudanças climáticas. Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Sem comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.