Giro da Rede Juntos 22.08.2022

 

O Giro da Rede Juntos desta semana é temático e fala sobre o objetivo de desenvolvimento sustentável (ODS) 11, aquele sobre cidades e comunidades sustentáveis. A principal finalidade deste objetivo é transformar as cidades e assentamentos urbanos em espaços inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis. E, para isso, existem diversas metas definidas, tais como: acesso a habitação, meios de transporte, espaços públicos prósperos, entre outros – você pode acessar aqui para saber mais. Por isso, abaixo é possível conferir alguns conteúdos que podem ajudar a gestão do seu território a caminhar em direção do atingimento destas metas, e por fim, transformar a sua cidade num lugar sustentável. Confira.

Programa Hortas Cariocas (Prefeitura do Rio de Janeiro)

O Programa, que nasceu da necessidade de atenuar as dificuldades de acesso à alimentação pelas populações em situação de vulnerabilidade durante a Pandemia da Covid-19, foi reconhecido pela ONU como uma ação essencial para o atingimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Para saber mais sobre o programa, acesse este link.

Nova York deve introduzir taxa de congestionamento até o fim de 2023 (Folha de S. Paulo)

Como forma de reduzir o congestionamento e melhorar o transporte público da cidade, a prefeitura da cidade instituiu uma cobrança de taxa de congestionamento que pode chegar até 23 dólares. A medida, que deve ser implementada até o final de 2023, pretende reduzir entre 15% a 20% o número de carros que circulam pelo distrito. Quer saber mais sobre essa política? Leia a matéria na íntegra aqui.

Sobreviver, renovar, prosperar: Um caminho para o transporte coletivo de qualidade no Brasil (WRI Brasil)

O sistema de transporte público no Brasil anda em crise, principalmente o setor de ônibus, que sofreu uma baixa de aproximadamente 70% na receita durante a pandemia da Covid-19. Por conseguinte, foi inevitável o aumento da tarifa nas cidades ao redor do país. Com o objetivo de trazer uma reflexão sobre o tema, o WRI publicou um artigo falando sobre a temática e organizou um webinário para discutir possíveis soluções. Para conferir, acesse aqui.

Automatizando a guerra contra a poluição sonora (em inglês, Bloomberg CityLab)

Para combater a poluição sonora nas cidades grandes, como barulho de ambulâncias, carros de bombeiros e de polícia, motocicletas e tratores de obras públicas, algumas cidades estão buscando auxílio na tecnologia. A cidade de Paris, por exemplo, adotou um sensor chamado Medusa para identificar a poluição sonora, já as cidades de Toronto e Filadélfia estão buscando implementar pilotos similares ao projeto de Paris. Para saber mais sobre a iniciativa, acesse o site do CityLab.

Para construir cidades sustentáveis, envolva quem nelas vive (em inglês, FastCompany)

Para que as cidades consigam atingir as metas de combate às mudanças climáticas e encontrar o equilíbrio sustentável, é preciso que as políticas implementadas pela administração norteiam o caminho para a população de modo que os cidadãos da cidade possam ser também parte desta transição. Para entender melhor sobre esta ideia, leia a matéria aqui.

 

Sem comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.